Re:Zero – Capítulo 174 Parte 2

Tradutor: Kami-Sama Sensei

Re:Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu — Arco 4 Capítulo 8

 

 


 

Capítulo Anterior

 


Áudio: 

 

      Re:Zero Capí­tulo 174 - Kami-Sama Sensei

 

 

A Longa-Esperada Reunião — Parte 2

 

 

 

Embora ele não estivesse exatamente tentando fazer as flores do amor florescer entre os dois, mas atitude fria nela ainda fez com que sobrou sentisse como se ele não estivesse ganhando nada disso. Porém, o fato de que ele era incapaz de perguntar aquilo que devia, era, em realidade, porque ele estava com medo.

 

[Subaru: Em tempos como esse, eu ainda sou muito covarde para dizer o nome da Rem… Até mesmo quando eu desejo dizê-lo… mesmo quando…]

 

Ele estava com medo da confirmação.

 

Já tendo ouvido isso de Emília e de Petra, de que elas não conseguiam se lembrar da Rem, agora, teria ele que perguntar para a Ram se ela tinha esquecido da existência da sua própria irmã?

 

Entretanto, depois de ter vindo tão longe, o fato de que ela não havia perguntado pela razão para a ausência da Rem, já significava que não tinha nenhuma razão para continuar perguntando.

 

[Subaru: Parece que não tem nada que eu possa fazer além de aceitar os fatos e fazer algo sobre isso. Então vamos seguir a Ram por enquanto, Emília-tan —— …Aconteceu algo de errado?]

 

[Emília: Não, é só que, parece que eu não consigo me acalmar, é este estranho sentimento que tenho… não é algo que eu consiga colocar em palavras. ]

 

[Subaru: Não está conseguindo se acalmar, eh?  Para mim, um solitário tímido que sempre está relutante de até mesmo sair de casa, tudo isso é como um novo mundo pra mim, sabia? Eu imagino que todos devem se sentir de modo parecido, pra dizer a verdade, eu particularmente não tenho nada de que me queixar.]

 

Olhando em volta juntamente com Emília, tudo ao redor dava nada além da impressão de ser um vilarejo desolado. Quizás, comparado os vilarejo de Arlam, as casas daqui por sua vez, pareciam ser mais velhas, a razão sendo talvez a enorme falta de reparo, mas esses eram meramente detalhes relativos e insignificantes.

 

[Subaru: Mas não há nada que possamos fazer à respeito além de manter a nossa guarda alta, Emília-tan. Ambos Ram e Ros-chi estão por aqui, estão pelo menos não deveríamos estar à exposição de qualquer perigo, eu acho?]

 

[Emília: Não é que eu esteja mantendo a minha guarda alta…. Não, eu estou bem agora. Mas sinceramente, se eu simplesmente pudesse conversar com o Puck…]

 

A pedra de cristal em seu peito —— Emília, sentindo-se angustiada, e chamou em voz baixa o nome do espírito, tocando a pedra esmeralda que se encontrava abaixo de seu pescoço. A ausência do Grande Espírito que sempre esteve ao seu lado obviamente trazia-lhe angústia sem fim. E ao vê-la assim tão frágil, Subaru se desprezava por não ser capaz de ser a existência em quem ela poderia se depender.

 

[Emília: —— Subaru?]

 

[Subaru: Vamos, não importa o que aconteça, deixe tudo por conta do seu escudo nº 2]

 

Sem pensar, ele segurou a mão dela que estava tocando ao cristal, e virou seu rosto adiante enquanto dizia isso. Então, assim segurando a mão dela, antes que ela pudesse rejeitar, ele continuou prontamente o seu andar. E naturalmente, Emília somente pôde seguir atrás Subaru e sua forçosa atitude.

 

Tendo-o feito sem nenhuma consideração, com só o pensamento desse embaraçoso ato fez com que fogo voasse de cada poro do rosto dele. Mas, muito mais do que o pensamento, ele tinha escolhido seguir o intuito de suas emoções, e meramente esperava que isso não fosse visto como algo estranho por ela.

 

[Emília: —— Ok ]

 

Só que, diferentemente do coração de Subaru, que estava prestes a salvar de seu peito, Emília simplesmente acenou levemente, e não soltou de suas mãos.

 

 

 

※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※ ※

 

 

 

Esta era provavelmente a única casa em todo o Santuário que preservava alguma semelhança a uma forma adequada.

 

Construída a partir de rochas, o edifício era por volta do mesmo tamanho de uma casa uma família simples do seu mundo original. Os seus quartos estavam organizados de maneira simples, que alguém poderia facilmente imaginar-se vivendo uma vida simples e aconchegante aqui.

 

Embora comparada à mansão de Roswaal e à de Crusch, tendo se acostumando com um certo nível de qualidade de vida, Subaru imaginou que o lugar tinha um espaço muito limitado. Mas, é claro, que com um pouco de espírito burguês, ele poderia facilmente acostumar-se a viver em tal lugar.

 

Por que esta, era a sua impressão do lugar de sua reunião.

 

E então,

 

[Roswall: Yaaa~~, Emília-sama e Subaru-kun. Eu~~tenho o sentimento de que esta é realmente uma longa desejada reunião, vocês nããão acham? Hmm? ]

 

Com um despreocupado sorriso, e acenando com sua mão para eles, assim foi como Roswaal os cumprimentou quando se encontraram mais uma vez.

 

Depois de se despedirem na capital, essa foi a primeira vez que Subaru encontrou-se cara a cara com Roswaal. E assim como eles não haviam se encontrado nos ciclos anteriores, tem sido por volta de mais de um mês. [T/n: Contando com tempo passado em cada ciclo]. Considerando todo o ressentimento acumulado durante aquele tempo, Subaru esperava poder nada menos do que socar Roswaal no rosto na primeira oportunidade aparecesse, porém,

 

[Roswaal: Aaa~~tes de mais nada, é tãã~~o bom ver que você está segura, Emília-sama. Ram já tem me atualizado sobre os problemas por volta da Maa~~nsão. Tivesse algo acontecido contigo, eu certamente teria perdido a razão de continuar vivee~~ndo]

 

[Subaru: Se é assim que você realmente se sente, você deveria ao menos ter tomado melhores precauções…. Na verdade, ainda mais importante que isso, que diabos aconteceu contigo? O que é isso!?]

 

Mesmo quando Roswaal aparentava estar aliviado de ver que Emília estava segura, Subaru e Emília estavam lado a lado com expressões de pavor em seus rostos. Por que todas as incontáveis coisas que eles tinham desejado dizer agora, tinham desaparecido como névoa passageira, quando eles viram o estado em que Roswaal se encontrava.

 

Deitando na cama adiante deles… toda classe de ferimentos que não podiam passar despercebidos encontravam-se em seu corpo, enquanto sangue escapava-se através das ataduras que constringiam a sua figura em uma lamentável e dolorosa posição.

 

Para a pergunta de Subaru e ao silêncio de Emília, Roswaal usou o seu braço esquerdo, cujo estava relativamente menos ferido, para gentilmente levantar o tapa-olho que estava cobrindo o seu olho esquerdo.

 

[Roswaal: Aaa~-yaaa~~, vocês estã~~o perguntando sobre isso? E~-eu sou somente um homem, afinal de co~~-ontas. Ser visto em tal lamentável estado fere a minha auto-estima, então se vocês pudessem por favor compreender meu desejo de dee~~scansar um pouco]

 

[Emília: Isso ainda não é o suficiente, é?. O que realmente aconteceu, Roswaal? Se ferindo de tal maneira…  e como que você, de todas as pessoas?]

 

Sem ser distraída pela sua brincadeira, Emília retorquiu enquanto ela estendeu um trêmulo dedo na direção dele, hesitante à tocarm ou não o corpo percorrido por feridas. Vendo-a fazendo isso, Roswaal sorriu amargamente, e tornou seu olho direito para o teto, [Bem, então…] ele sussurrou,

 

[Roswaal: Por ooon~~de será que deee~~vo começar. Bee~~m, eu acho que vocês poderiam dizer que minhas feridas foram afligidas por uma questão de honra, e fora de consideração por virtude própria, eu nããã~~-o tinha escolha]

 

[Emília: Pare de tentar se safar com essas palavras aleatórias. Eu estou te perguntando seriamente, Roswaal, então me responda de maneira séria em retorno]

 

[Roswall: ….. Ooo~~ras, parece que Emília-sama se encontra particularmente de mal humor. Maaa~~-s, considerando como nos encontramos, quizás eu me encooo~~ntre sem escapatória.]

 

Até mesmo subaru sentindo como se algo estivesse estranho quando ele escutou o tom inflexível e inquisitivo de Emília, e foi ao mesmo momento, que Roswaal havia apontado esse fato. Emília franziu as suas sobrancelhas, mas, realizando o fato de que ele Roswaal disse era de fato verdade, ela levemente mordeu os seus lábios.

 

[Emília: Minha cabeça está uma completa bagunça, eu não consigo me acalmar de nenhuma maneira. Que lugar é esse? Mesmo quando esse lugar é chamado de Santuário, eu não acho que isso é o que vc diz ser dejeito nenhum. Então esse lugar é…..]

 

[Roswaal: “A Sepultura da Bruxa” , esse é o nome mais fácil de aceitar, não?

 

[ ——! ]

 

O tom da voz de Roswaal abaixou ao pronunciar essas palavras. As mesmas palavras de Garfiel sendo ditas pelas bocas de Roswaal, fez com que a frase de repente tivesse tomado um significado pesado e ressonante.

 

Rapidamente, Emília lançou o seu olhar para Subaru.  Vendo o complexo emaranhado de emoções em seus olhos, Subaru abaixou o seu queixo em uma cena, em ressonância com o desconforto dela.

 

[Subaru: Espera um pouco, vamos por tudo o  que queremos perguntar em ordem primeiro. Se continuarmos da maneira como está a conversa simplesmente irá desviar-se do sentido principal, e vamos acabar não conseguindo nenhuma conclusão da boca dele.]

 

[Roswall: Oohh~~-yaaa? Durante o curto tempo em que não nos viii~~mos vocês se tornaram bons de certa forma em aceee~~rtar as contas, não? Subaru-kun, tão só o quuu~~-e seria que trouxe essa mudança interna em sua meee~~nte?]

 

[Subaru: Se nós formos realmente tocar nesse assunto, isso vai demorar um longo tempo. Então deixarei para me gabar depois que eu tiver ouvindo tudo o que eu quero saber. Ahh, verdade, primeiro tem essa só uma coisa…]

 

Encarando o sarcástico sorriso de Roswaal, Subaru levando um dedo,

 

[Subaru: Nós estabelecemos uma aliança com a Crusch-san, mas você já deve ter ouvido isso da Ram… Você está feliz por ter me deixado para trás não está?]

 

[Roswaal: Muu~~-ito contente de fato. Aaa~~final de contas, eu estava correto na minha decisão de recolher você. ]

 

Vendo as extremidades dos lábios de Roswaal curvarem em satisfação, Subaru suspirou e fechou seus olhos. Subaru tinha antecipado isso,  mas o fato permanece, suas ações foram exatamente o que ele tinha planejado. Mesmo que ele já tivesse permitido fosse usado por ele, ainda assim não era divertido de ouvir a confirmação.

 


Revisado somente até este ponto


De qualquer modo, Subaru organizou seu próximo pensamento,

 

[Subaru: primeiramente então, os residentes do vilarejo de Arlam. Desde que Ram está segura, eles devem estar seguros também, e foram evacuados seguramente, certo?]

 

[Roswaal: Você pooo~~de descansar seguro. Quizás meu estado atual não me dê muita credibilidade, porém, Eu aiii~~nda estou consciente de minhas respoo~~nsabilidades como um lorde. As coisas como arriscaria minha vida para proteger aqueles que estão aos meus cuidados, eu certamente tenho essa resolução. Eu pessoalmente cuidei para que todos estivessem bem alojados na catedral do vilarejo.]

 

[Subaru: Catedral… Ah, nós podemos voltar esse assunto depois, então para minha próxima pergunta, ela é…. ]

 

Ele estava aliviado de confirmar a segurança dos residentes de Arlam. Desde que Subaru tinha somente tomado a decisão de antemão  para evacuar a todos juntamente com as preparações, o fato de que eles estavam realmente seguros ou não era a questão final que ainda o preocupava desde os ciclos anteriores. —— porque não importa quando tivesse sido o resultado final, aquela parte não podia mais ser refeita.

 

Aliviando os seus ombros, Subaru deu a emília um olhar. E ao recebê-lo, ela inclinou a sua cabeça em um sinal de acordo.

 

[Emília: Então, agora me diga sobre esse lugar. Você o chama de Santuário, mas Garfiel o diz ser “A Sepultura da Bruxa”. Qual deles que é verdade? ]

 

[Roswaal: Ambos nomes são verdadeiros, Emília-sama. Este é o lugar da “era-uma-vez” Bruxa do Orgulho —— o lugar final de descanso de Echidna. E para mim pessoalmente, esse é o lugar que deveria ser chamado de Santuário.]

 

[Subaru: —— Bruxa]

 

[Emília: Echidna… ]

 

Ouvindo a sua resposta,  ambas as gargantas de subaru e emília simultaneamente se entupiram.

 

Roswaal falou quietamente, e todo seu comportamento anterior de palhaço em sua voz que estava presente até momentos atrás, agora havia desaparecido de sua voz. Precisamente porque essa, pela primeira vez, suas palavras carregavam indistinguível estão de honestidade.

 

Respirando profundamente, Emília piscou algumas vezes, e continuou mais uma vez,

 

[Emília: A Bruxa do Orgulho… Foi uma outra bruxa que foi aniquilada pela bruxa da inveja não foi?]

 

[Roswaal: Siii~~m, exatamente. Não importa onde você veja na história do mundo atual, não há mas nada que reste sobre o seu nome. Somente, exceto nas memórias daqueles que a conheciam… ]

 

[Subaru: Espera espera espera espera, mas o que você acabou de falar não faz sentido.]

 

Subaru interrompeu as palavras solenes de Roswaal como rápido movimento de suas mãos. Roswaal apertou um único olho, encarando nos olhos de Subaru, que estava pouco a pouco cedendo à pressão da aura dele.

 

[Subaru: se eu me lembro corretamente, a bruxa do orgulho…. Foi derrotada pela bruxa da inveja à 400 anos atrás. Este lugar sendo lugar final de descanso desta bruxa de 400 anos atrás pode ser de certa maneira entendível e aceitado….. Mas o que você está dizendo que você conhecia ela em pessoa, mas isso é só…]

 

[Roswaal: Eu mesmo estou ciente disso, mas eu temo que não posso falar mais do que isso concernente à esse específico assunto. Por que isso é passado verbalmente geração após geração da família Mathers…. somente para o herdeiro de Roswaal]

 

[Emília: Passado verbalmente… Então o cabeça da família Mathers de tempos atrás estava conectado com a bruxa do orgulho?]

 

[Roswaal: —— Echidna ]

 

[Emília: Eh? ]

 

Repentinamente, ouvindo o nome certo trago à tona, os olhos de emília se abriram largamente. Roswaal tornou o seu olhar para direção dela, e, como se para confirmar uma vez mais, quieta mente sussurrou, [Echidna],

 

[Roswaal: Pooo~~r favor, chame pelo nome quando você se referir a ela. Um título como a bruxa do orgulho não importa como você o diga carrega consigo a impressão ruim sobre isso, você não acha? E também é tão loo~~ngo…]

 

[Emília: Entendo. Pois então, Echidna encontrou o seu fim aqui nesse vilarejo, e esse vilarejo tem sido administrado pela família Mathers geração após geração…. correto?]

 

Roswaal: Sii~~m, exatamente. Embora administrar implica ter mais mãos no trabalho do que exatamente teve. A influência de Echidna permanece firmemente aqui, sem os devidos passos, seria impossível sequer chegar à esse lugar. O fato de que vocês foram capazes de entrar…. Deve ter sido graças à assistência de Frederica, não é mesmo?]

 

Recebendo um aceno de confirmação em retorno, um senso de compreensão emergiu nos olhos de Roswaal. Vendo isso, subaru perseguiu o mesmo tópico,

 

[Subaru: eu entendo que essa é a sepultura de Echidna, e que ela está sobre a sua administração. Mas o que eu não consigo entender é o propósito disso, e o porquê de você e os aldeões não terem retornado ainda.]

 

[Roswaal: talvez eu tenha dito algumas coisas muito estranhas, mas aparentemente você as tem aceitado de maneira bem rápida. O fato de que esse lugar é a sepultura da bruxa, eu sinceramente queria muito ter um amante em segredo…]

 

[Subaru: Talvez se ela fosse a bruxa da inveja, mas eu realmente não tenho nenhuma ideia do que a bruxa chamada Echidna têm feito. Somente com a palavra “Bruxa” imediatamente dá impressão de ser algum tipo de vilã. Mas então seria a mesma coisa com a palavra “metade-elfo”, e quem poderia ter imaginado que Emília-tan seria tão fofa somente com essa única palavra?] ———-T/n: Subaru está apontando o fato de que por ele não saber nada sobre Echidna, ele não quer simplesmente assumir que ela era uma pessoa ruim por ser chamada de “Bruxa”.

 

[Emília: ….. NÃO, n-não vá dizendo coisas irrelevantes como essa. Ataques-surpresa estão fora dos limites sabia!]

 

Ouvindo essa cantada sendo casualmente incluindo no final de uma sentença de certa forma séria, emília, cuja face estava devidamente vermelha, levemente empurrou a lateral do quadril do subaru, sobrou sorriu ironicamente para a fofa resposta dela, mas então, ele percebeu Roswaal no canto da sua visão periférica soltando uma risada de certa forma irritante [Ohoo~~],

 

[Roswaal: dentro do cuuu~~rto tempo que vocês passaram a parte, vocês ficaram bem mais íntimos não ficaa~~ram. Depois de tênis despedido com aquela briga na capital, eu estava me perguntando tão só o que iria acontecer, mas parece que agora vocês estão se dando muito melhor do que aaa~~ntes.]

 

[Subaru: este é o amor recebido no final de uma longa e árdua jornada, sabia!? tem um monte de coisas de que eu poderia de que eu posso me gabar, mas vamos deixar isso para depois de que você tenha terminado de responder às nossas perguntas. Então, qual que é o propósito desse lugar, e por que você ainda não retornou?]

 

[Roswaal: E parece que você é deixou de ser o moleque ingênuo de antes, e tornou-se de fato alguém em quem se pode depender. Pois ee~~ntão, a razãã~~o pela qual os residentes do vilarejo ainda não retornaram…. Para colocar ela de maneira simples, nós não podemos retornar mesmo que nós o queiraa~~mos fazê-lo]

 

[Subaru: Vocês não puderam retornar mesmo que quisessem tê-lo feito?]

 

Incapaz de entender a sua resposta, Subaru franziu a sua sobrancelha.

 

Roswaal acenou, e sorriu para a pergunta de interrogação que surgiu no rosto que sobrou, e disse,

 

[Roswaal: Por que agora mesmo, caa~~da um de nós, isso tem dos residentes deste vilarejo incluídos, estamos todos em um estado de prisão domiciliar. E, desde o momento que vocês entraram aqui, parece que vocês dois se encontram na mesma situação]

Kami-Sama Sensei

Kami-Sama Sensei

Tradutor por hobby, adoro animes e mangas, e principalmente, Light Novels. A criação do site foi para mostrar essa paixão e admiração pela cultura japonesa para o público brasileiro. Tenho 21 anos, aniversário 16 de Janeiro, - "nada relacionado à presentes e doações especiais em meu niver ok" hsaushasuhaush. Sou trilíngue, falando fluentemente Português, Español, e Inglês. Moro atualmente nos EUA mas nasci no Paraná, Curitiba. Tenho varios projetos e iniciativas novas para o site, e a participação nos projetos é totalmente aberta, há várias maneiras além de tradução para ajudar-nos no site, e espero sempre poder fornecer um conteúdo interativo de qualidade. Por enquanto não tenho outros serviços e redes sociais além das já listadas, por que elas fazem parte dos projetos e iniciativas que ainda estou planejando.
Em Breve
— Aplicativo Para Android —
Tradutores
Aceitando tradutores com nível avançado de inglês. Mande uma mensagem por email para contact@kamisama-translations.org
Tradutores
Aceitando tradutores com nível avançado de inglês. Mande uma mensagem por email para contact@kamisama-translations.org
Em Breve
— Aplicativo Para Android —
Torne-se nosso Patron e tenha acesso à conteúdo extra do site.

Inscreva-se ao nosso canal de notícias

Esta é uma loja de demonstração para fins de teste - As compras realizadas não são válidas. Dispensar