Isekai Maou – Vol 1 – Prólogo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on reddit
Share on tumblr
Kami-Sama Sensei

Kami-Sama Sensei

Adoro animes, mangás, light novels e recentemente até mesmo mangás americanos e chineses. Amo traduzir e me faz me sentir mais útil.

Adoro poder conversar e debater sobre mangás e animes » Falar sobre light novels é um assunto bem delicado comigo kkkk

Se vc gostar dos meus projetos torne-se um de meus patrões e dê seu apoio assim trarei ainda mais conteúdo para os fans [Meus né kkkk]

Parcerias

VIRTUAL CORE
EMPIRE NOVELS
Torne-se um membro em nosso Patreon
Curta-nos no facebook
Síga-nos no twitter
Siga meu Kitsu

O MMORPG de fantasia Cross Reviere—

 

Havia apenas uma pessoa que poderia ser chamada de o verdadeiro Maou naquele jogo.

 

O verdadeiro Maou não era um dos monstros do jogo.

 

Ele era um dos três milhões de jogadores.

 

 

 

Neste jogo, o jogador era capaz de criar sua própria dungeon e reinar sobre ela como seu boss. Qualquer um poderia se tornar um boss.

 

Porém, havia apenas um deles que era chamado de “Maou*”.

 

Ele criava dungeons originais que ultrapassavam as oficiais em termos de detalhe e qualidade. Ele possuía o equipamento mais poderoso e tinha tamanha que habilidade, quem ousava enfrentá-lo, era perfeita e absolutamente derrotado. A verdadeira identidade desse Lorde era cercada de mistério.

 

O poder dele sozinho era algo a ser temido, e como ele ficou conhecido entre os melhores jogadores de todos, ele se tornou uma lenda.

 

—Isso era só porque ele estava se segurando.

 

Quando estava jogando sério, ele era inimaginavelmente forte; tão forte que você nunca pensaria em desafiá-lo uma segunda vez.

 

Os melhores jogadores que ouviram os rumores o desafiavam no intuito de fazê-lo lutar à sério.

 

O Maou, porém, fez questão de dar aos seus oponentes uma batalha equivalente a de um final boss comum. Sempre sendo cavaleiro, ele nunca se esquecia de entreter seus visitantes.

 

Então os jogadores pensavam:

 

“O que faria o Maou ficar sério?!”

 

Seria a raridade do equipamento do desafiante?

 

Seriam seus títulos?

 

Será que ele só jogava a sério contra jogadores realmente habilidosos?

 

Eles estavam todos errados.

 

Havia apenas uma coisa que poderia fazer o jogador supremo, o Maou『Diablo』, jogar à sério. Que era—

 

— Oh, esses caras são um casal. Hora de matá-los.

 

O Maou—outrora conhecido como Sakamoto Takuma—murmurou para si mesmo após descobrir um item no inventário de seus desafiantes.

 

Ele acertou sua postura, afundando ainda mais em sua cadeira de escritório.

 

Exibido em seu monitor estava uma dungeon que ele construiu com detalhes bem explícitos.

 

Os designs nas paredes mostravam órgãos internos, contando com suportes para velas feitos de esqueletos e velas de ossos brancos iluminando bizarramente o caminho. Uma batalha já estava se desdobrando no piso de mármore extenso que formava o campo.

 

Vestido inteiramente em trajes negros, o homem que guardava o local em frente ao trono com chifres crescendo de sua cabeça, era o personagem que todos chamavam de “Maou”.

 

Seus desafiantes: um mago e uma curandeira.

 

A boca de Takuma entortou-se de maneira digna de um Maou.

 

— Para aqueles que são tolos o bastante para trazerem algo tão impuro quanto seu parceiro romântico da vida real neste jogo… Eu, como o Maou, devo conduzir meu julgamento sobre vocês!

 

Por mais que parecia que não haviam garotas na Internet, especialmente em jogos online, era claro que aqueles dois à frente dele eram de fato um casal na vida real. Que jogador era mulher e qual era homem na vida real não era claro pelos seus personagens, mas isso não importa.

 

Neste jogo, há um item chamado 『Anel de Casamento』.

 

É dito que isso foi implementado à pedido de outros jogadores.

 

Um item que pode ser apenas equipado pelo consentimento mútuo de ambos os jogadores, e não dá nenhum bônus de atributos.

 

A única razão você iria pensar em ter isso era se você e seu parceiro(a) fossem um casal offline, em um relacionamento no “mundo real”.

 

Takuma pressionou o atalho em seu teclado para mudar o equipamento.

 

— Ku, ku, ku… Se vocês insistem em usar esse “Anel de Casamento”, então devo fazê-los se arrepender de equipar um item tão inútil com um anel de meu próprio arsenal…

 

Com seu coração se tornando completamente como o de um Maou, Takuma equipou em Diablo, seu personagem, o item que lhe deu sua alcunha.

 

『O Anel do Rei Demônio』.

 

Um dos itens mais fortes do jogo, já que é capaz de repelir qualquer tipo de magia.

 

É um item extremamente raro, obtido como uma recompensa por melhor ranking por ser o primeiro a derrotar o 『Rei Demônio da Mente, Enkvaros』em uma atualização de dois anos atrás.

 

Isso também reflete magias de suporte e cura, por isso você deve ser cauteloso ao utilizá-lo.

 

— Isso será um massacre! Tolos, como ousam desafiar a mim, o Maou, com um item que nem aumenta o ataque ou a defesa?! MMOs não são só diversão. Riajus* como vocês deveriam apenas explodir! E eu farei isso ocorrer da forma mais espetacular possível!

 

E então, o massacre unilateral começou.

 

Usando o mais poderoso dos feitiços, ele explodiu seus inimigos em fogos de artifício sujos.

 

Os encantamentos ofensivos de seus oponentes foram todos refletidos, deixando-os completamente inúteis.

 

Mais uma vez Takuma instaurou o medo e o terror de jogos online nos corações de mais um casal.

 

Nenhum outro jogador sabia.

 

A única coisa que faria o Maou Diablo ficar sério não era relacionado à algo no jogo.

 

—Matar todos os casais.

 

Era através desse sentimento apenas, que ele se tornou o símbolo de terror conhecido como o “Maou”.

 

Nunca em seus sonhos mais selvagens ele teria imaginado que ele seria invocado para outro mundo como um Maou de verdade.

 

Glossário (*):

 

Maou: É o equivalente de Rei Demônio em japonês.

 

Riaju: Equivalente do normie em inglês, seria o típico jovem popular ou que pelo menos curte a vida, se envolvendo em “altas aventuras” e ficando com muitas garotas, bebendo e saindo bastante com a galera, ou seja, vivem sua vida cotidiana comum etc. Otaku, nerds e afins costumam ter raiva deles por poderem aproveitar a vida tão livremente sem serem considerados estranhos, e isso é ainda mais forte no Japão, onde a segregação social é intensa.

 

Autor da obra original:  Yukiya Murasaki

 

Tradução por: Tebaldi

 

Revisão por: Kami-Sama

Login No Site

Novidades No Fórum

Publicações Recentes
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on reddit
Share on tumblr
Share on whatsapp
Torne-se um membro em nosso Patreon
Curta-nos no facebook
Síga-nos no twitter
Siga meu Kitsu
Suporte-nos em nosso Patreon e receba benefícios exclusivos para membros.

Torne-se um autor conosco!

Kon'nichiwa mina-san. Com 2019 já às portas com o clima de novas expectativas, novos desejos, novas realizações, e, por último mas não menos importante, novos otakus em nossa comunidade. Nosso site está lhes oferecendo um espaço onde vocês podem publicar suas traduções, suas análises de animes, suas próprias obras originais e principalmente, um espaço onde qualquer um pode começar o seu blog sobre qualquer coisa relacionada com animes/mangás/cultura japonesa. Coloque a sua paixão por esta cultura e traga-as ao mundo!
NOVIDADE
error: This website is protected against copy! If you think this is wrong, please state your reasons, contact us through e-mail at / contact@kamisama-translations.org /
%d blogueiros gostam disto: